INSS gasta R$ 640 milhões com pessoas acima do teto

0
91
agência da previdência social

Levantamento feito pelo Estadão mostra que uma única pessoa no Rio de Janeiro, anistiado político, recebe por mês aposentadoria de R$ 52.661,88. Isso equivale a 53 salários mínimos.

No total, são 5.239 brasileiros que ganham acima do teto, o que gera um gasto total de R$ 640 milhões ao ano.

Esse valor elevado chama ainda mais atenção num momento em que se discute a sustentabilidade e a justiça do sistema.

GOVERNO PROMOVE PENTE-FINO

Foram cancelados mais de 700 mil benefícios entre Auxílio-doença e Aposentadorias nos últimos três anos. Devido as perícias, que começaram em 2016, foi possível economizar 14,5 bilhões. Os dados foram divulgados nessa terça-feira pelo Ministério da Cidadania.

O Ministério da Cidadania informou que os benefícios que não passaram por essa fase do pente-fino poderão ser reavaliados a partir das novas diretrizes do atual governo.

A expectativa é que a equipe de Jair Bolsonaro envie ao Congresso Nacional, nos próximos dias, uma medida provisória (MP) para o próximo pente-fino em benefícios previdenciários. A ideia é endurecer as regras de concessão da pensão por morte, aposentadoria rural e auxílio-reclusão.

NOVO TETO

Teto terá um novo valor de R$ 5.843,40 no INSS em 2019. As aposentadorias do INSS com valor acima do salário mínimo receberão em 2019 uma correção um pouco maior do que a aplicada neste ano. A LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) aprovada pelo Congresso prevê correção de 3,3% para os benefícios, portanto, acima dos 2,07% de reajuste em 2018.

O índice definido pelos congressistas eleva o teto do INSS de R$ 5.645,80 para R$ 5.843,40.

NOVO PISO

O salário mínimo previsto na lei orçamentária de 2019 é de R$ 998, o que representa reajuste de 4,6% em relação ao piso atual, de R$ 954.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here