O câncer de pele é uma das neoplasias mais comuns em humanos e nos cães e gatos não é diferente. É uma doença de grande ocorrência no Brasil e sem tratamento pode evoluir para quadros graves e, até mesmo, levar o seu animal embora.

Muitos tumores de pele são semelhantes a outras doenças cutâneas, como infecções fúngicas e bacterianas, dermatites e alergias, e o diagnóstico correto e precoce aumenta as chances de tratamento. Como nos humanos, muitos tumores de pele são muito agressivos e quanto antes o diagnóstico é realizado mais chances seu pet tem de ficar bom.

De acordo com Camila Maximiano, veterinária da Clínica Pompeu, a pele é formada por diversos componentes e, por isso temos diversos tipos de câncer de pele, cada um com sua característica. Sendo, a pele, o maior órgão do corpo, ela funciona como barreira do organismo, ficando exposto continuamente a agentes cancerígenos externos.

“Junto a isso, no Brasil, temos altos índices de radiação ultravioleta e a exposição solar prolongada ou intensa intercalada é um fator importante como causa do câncer de pele tanto em humanos, como nos animais”, afirma Camila.

De forma geral acredita-se que fatores como a predisposição genética, histórico familiar, idade dos animais, infecções virais, vacinações, influência hormonal também são influenciadores para maior chance de desenvolvimento de tumores de pele.

Algumas raças como Pitt Bull, Boxer, Poodle, Dachshund, Rotweiller tem maior predisposição, além de animais de pele ou pelo claro, inclusive gatos. Apesar dessas raças, todos os animais estão susceptíveis a ter a doença.

A veterinária alerta em que se observe se seu pet apresenta manchas avermelhadas, com ou sem crostas ou descamação; feridas que não cicatrizam ou que ulceram frequentemente; mudança de coloração e/ou perda de pelo focal; bolhas, cistos e verrugas; aumento de volume que não diminui ou está aumentando, leve ao médico veterinário, pois pode ser indicio de um tumor na pele.

“Diminuir a exposição ao sol, passar protetor solar, castrar, manter vacinação em dia e proteção contra ectoparasitas são formas de prevenção. Além disso, faça sempre avaliações anuais com o veterinário, seu animal vai te agradecer”, alerta Camila.

 Serviço:

Pompeu Clínica Veterinária (61) 3711-9006/ 99277-2738

SHIN – CA 10 – Loja 12 – Lago Norte – Brasília-DF

pompeuveterinaria@gmail.com

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here