A maior fabricante de cerveja e refrigerantes da América latina, teve lucro líquido de R$ 2,749 bilhões no primeiro trimestre deste ano.

o valor representa uma alta de 6,2% em relação ao primeiro trimestre de 2018.

A receita liquida trimestral da companhia foi de R$ 12,64 bilhões, um aumento de 8,6%. Já os volumes subiram 6,1% para 41 milhões de hectolitros.

O custo dos produtos vendidos chegou a R% 5 bi, um avanço de 14,6% em relação ao mesmo período de 2018. O motivo foi os preços mais elevados de commodities e a situação econômica argentina.

As ações da empresa na Bolsa, tiveram alta acumulada de 17% até o momento desse ano. De acordo com a Reuters, uma recuperação, diante do declínio de 25% em 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here